Invocação do Mal 2

Padrão

Clima de tensão se mantém em continuação com muito mais sustos

Por Leonardo Sanchez
TÍTULO ORIGINAL: The Conjuring 2
DIREÇÃO: James Wan
DURAÇÃO: 134min
GÊNERO: Terror, Suspense
PAÍS: EUA
ANO: 2016
3

Quando Invocação do Mal foi lançado, em 2013, foi ovacionado por muita gente que já havia perdido as esperanças com o terror produzido nos Estados Unidos. Depois do sucesso que foi Atividade Paranormal, de 2007, todos os filmes populares do gênero pareceram estagnar no chamado “found footage”: aqueles filmes que tentam passar a ideia de serem baseados em fatos reais, de terem filmado algo que de fato ocorreu. Quando o sucesso de James Wan foi lançado, porém, reintroduziu nos rumos do terror o cuidado com a trama e o suspense, agradando público e crítica.

Invocação do Mal 2 acompanha o casal Lorraine (Vera Farmiga) e Ed Warren (Patrick Wilson) em mais uma investigação sobrenatural. Desta vez, uma família de Enfield, na Inglaterra, passa a ser assombrada pelo espírito de um idoso, antigo morador de sua casa, e que está determinado a destruir a vida dos Hodgson.

MK1_5074.dng

O primeiro filme da franquia Invocação do Mal surpreendeu pela riqueza de sua trama. Não se limitava aos sustos e ao “gore”, estilo marcado pelo excesso de sangue e violência. Pelo contrário: estava muito mais preocupado em reproduzir um nível de tensão próprio do suspense e raro nos filmes de terror atuais. A imprevisibilidade dos acontecimentos e a profundidade de suas personagens rompeu totalmente com o terror que a geração atual estava acostumada a consumir e tornou o filme um verdadeiro sucesso.

Em sua continuação, esse cuidado é mantido – porém, reduzido. Mais uma vez encontramos sequências imprevisíveis e é impossível ficar desinteressado ao longo da trama. É o típo de filme que te faz ter vontade de fechar os olhos, antecipando os sustos que vai levar, mas é simplesmente impossível perder um único segundo da exibição.

The-Conjuring-2-Patrick-Wilson-Interview

O problema, porém, é justamente a maneira como as personagens são retratadas no segundo capítulo de Invocação do Mal. Os Warren já foram apresentados no filme anterior, mas, ao desenvolver a relação do casal, o roteiro exagera um pouco no sentimentalismo. O vínculo que une Ed e Lorraine é extremamente forte – está nos campos afetivo, profissional e até mesmo no sobrenatural. Mas essa informação não é novidade e os dois acabam protagonizando algumas cenas com excesso de ternura para o tipo de filme em questão.

Enquanto isso, os espíritos, demônios e qualquer outro tipo de entidade presente na trama acabam ficando muito caricaturais. A estética deles é exagerada e, uma vez que a história é inspirada em registros reais, pesar a mão na maquiagem e no caricato acaba comprometendo o debate sobre a veracidade daqueles eventos.

Outra característica em destaque no filme é a vontade do diretor James Wan de assustar o público. Enquanto o primeiro longa metragem da franquia tinha no suspense seu principal aliado, Invocação do Mal 2 quer dar susto atrás de susto, mas sem deixar de lado a tensão e o perfeccionismo.

the-conjuring-trailer-000

Em vários momentos vemos pessoas tentando refutar os acontecimentos na residência dos Hodgson, o que colabora para os tons de realismo do filme. Além disso, a objetividade da trama é algo raro no gênero: mesmo que pesquisadores insistam em chamar os Warren de charlatões, os eventos sobrenaturais que perturbam Enfield não são escondidos das personagens periféricas do longa. A polícia, por exemplo, é justamente quem aconselha a família Hodgson a pedir a ajuda da Igreja.

Entre sustos e reviravoltas, Invocação do Mal 2 acaba se tornando um ótimo terror. Tem qualidade e um roteiro bem costurado, com uma história original e interessante. A franquia adquire uma outra personalidade graças à ótima ambientação do longa na Inglaterra dos anos 70 e a freira demoníaca que assola o filme é garantia de perda de sono para o público.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s