Spotlight – Segredos Revelados

Padrão

Com história já conhecida, filme sobre reportagem do Boston Globe surpreende

Por Leonardo Sanchez
TÍTULO ORIGINAL: Spotlight
DIREÇÃO: Tom McCarthy
DURAÇÃO: 128min
GÊNERO: Drama
PAÍS: EUA
ANO: 2015
5

Spotlight é uma das promessas para o Oscar de Melhor Filme. De forma tímida, o longa foi ganhando apoio da crítica e se tornou o grande favorito para a estatueta. Pelo menos até a cerimônia do Globo de Ouro, que deixou o filme de mãos vazias. Ainda assim, Segredos Revelados continua na disputa como um forte concorrente ao Academy Award. E isso não pelo murmurinho que tem provocado, mas por ser realmente bom.

Baseado em fatos reais, Spotlight leva às telas a história da equipe de Jornalismo investigativo do Boston Globe, que em 2002 abalou a confiança na Igreja Católica após a descoberta de uma série de casos de pedofilia cometidos por padres e acobertados pelo alto escalão clerical.

spotlight01

Spotlight é, antes de mais nada, um filme sobre Jornalismo. Os escândalos de pedofilia e a blindagem da Igreja Católica em Boston são temas importantes, que estão presentes, mas que estão subordinados ao real objetivo do diretor Tom McCarthy, que é acompanhar os bastidores de uma grande reportagem.

Como outros filmes com essa proposta, Spotlight precisa segurar as rédeas para não se render à tentação de pintar seus jornalistas como heróis. Com isso, a trama certamente estaria marcada por um maniqueísmo simplista e tedioso. Ainda bem que esse não é o caso em Segredos Revelados.

É difícil não engrandecer as personagens por trás da reportagem do Boston Globe. Mas, com um roteiro que busca explorar seus mocinhos em detalhes, mostrando-os em situações rotineiras, com todas as suas imperfeições, Spotlight não romantiza seus jornalistas mais do que deveria, deixando sua história convincente e empolgante.

S_07041.CR2

Parte desse mérito é, sem dúvida, do excelente elenco. De Michael Keaton a Stanley Tucci, todos estão perfeitos em seus papeis. O destaque da vez é para a ex-menina malvada Rachel McAdams e para o maravilhoso trabalho de Mark Ruffalo, que está irrepreensível.

Spotlight trata de um assunto delicado, e faz isso de forma complexa. Seus diálogos podem até parecer confusos em determinados momentos, graças à gigante quantidade de nomes presentes no roteiro – reflexo da extensão da rede de pedofilia da Igreja Católica em Boston – mas são muito inteligentes.

S_09159.CR2

Mesmo assim, seu dinamismo e a quantidade de choques aos quais o público é submetido cada vez que se descobre um novo caso de abuso sexual, deixam a história empolgante, gerando tensão e até mesmo certo incômodo pela violência envolvida na reportagem de Spotlight.

Além de ser uma excelente história no geral, Segredos Revelados ainda é recheado de ótimas cenas. A personagem de Rachel McAdams, que assim como a maioria de seus colegas vem de uma família católica, protagoniza uma delas, quando precisa mostrar à sua avó, que vai à missa três vezes por semana, as monstruosidades cometidas por vários padres da região. De forma individualizada e impactante, vemos as dimensões daquela reportagem.

spotlight-segredos-revelados-mark-ruffalo-rachel-mcadams-michael-keaton-1

Outro momento chocante e que vale ser mencionado acontece quando a jornalista encontra um dos padres acusados de pedofilia. Ela faz perguntas à ele relacionadas aos abusos e recebe todas as respostas que quer ouvir, como se aquilo fosse a coisa mais natural possível. É um tapa na cara no público, que fica sem palavras.

Spotlight está entre os melhores de 2015. Cumpre com a proposta e dramatiza na medida certa sua história verídica. Sabe tratar de um tema delicado sem desrespeitar as milhares de vítimas dos escândalos sexuais envolvendo a Igreja Católica. Algo que precisa ser visto por todos que se interessam por uma boa história.


Anúncios

Um comentário sobre “Spotlight – Segredos Revelados

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s