5 avós do cinema

Padrão

Don Corleone

Marlon Brando, O Poderoso Chefão (1996)

don-corleone

Vito Corleone é um homem de família. Apesar de comandar uma das maiores redes de crime de Nova York, o italiano sempre arranja tempo para cuidar de sua esposa e filhos. Os anos passaram e, quando Michael dá a ele um neto, a máfia perde um pouco de seu brilho para Corleone, que prefere passar os dias brincando de esconde-esconde com o novo membro da família. Mesmo tendo vivido em um mundo tão violento, o personagem de Marlon Brando era um avô bastante carinhoso.


Vovô Joe

Jack Albertson, A Fantástica Fábrica de Chocolate (1971)

1436925047759

Quem não queria ter um avô que soubesse de todos os segredos que Willy Wonka guarda em sua fábrica? Antigo funcionário da chocolateria, vovô Joe é uma espécie de conselheiro de seu neto. Ele se preocupa com Charlie e, junto com os três outros anciãos da família, coloca a felicidade dele acima de qualquer coisa, mesmo vivendo em um ambiente tão difícil como o mostrado no longa.


Edwin Hoover

Alan Arkin, Pequena Miss Sunshine (2006)

tumblr_m8hun9tWCI1qkbyuao1_500

Edwin pode ser um vovô bem diferente daqueles que estamos acostumados: viciado em drogas e em revistas eróticas, Hoover é só mais uma peça da família problemática de Pequena Miss Sunshine. Ainda assim, o personagem de Alan Arkin é uma verdadeira inspiração para sua neta, Olive, além de um grande companheiro, com uma boa pitada de humor.


Rainha Clarisse Renaldi

Julie Andrews, O Diário da Princesa (2001)

Anne Hathaway m025

A Dama Julie Andrews se consagrou nos papeis de uma madrastra e de uma babá, ambas super carinhosas, em A Noviça Rebelde e Mary Poppins. Quando retornou às telas, em 2001, nada mais justo que encarnar o membro mais fofo das famílias: a avó. Clarisse Renaldi, além de precisar comandar todo um reino, recebe a tarefa de se aproximar de sua neta, Mia, que não sabia de sua existência até então. Podemos dizer que a rainha, apesar de algumas gafes, se sai muito bem em seu novo cargo de matriarca.


Lorraine McFly

Lea Thompson, De Volta Para o Futuro II (1989)

Nós não vemos muito de Lorraine McFly como avó, mas uma coisa fica clara na continuação de De Volta Para o Futuro: ela sabe hidratar pizza como ninguém, como diria Marty. Quem precisa de amor quando se tem pizza?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s